Socialize

RSS Feed

Seguranças espancam mulher que, supostamente, furtou comida em supermercado no RJ

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, media: 3,00 de 5)
Loading...
288 acessos

Acabaram de me enviar este vídeo (na verdade não foi exatamente este: no que me enviaram aparecia o rosto da mulher que está sendo espancada, mas optei por este que preserva a identidade dela) onde aparece uma mulher que, ao ser pega, supostamente, furtando alimentos em um supermercado, foi espancada e humilhada por mais de 1 minuto por dois seguranças.

Que vermes desgraçados esses seguranças!!! Ok, a mulher roubou: cometeu um crime. Então, a obrigação deles enquanto seguranças era detê-la e chamar a Polícia, que a levaria para a Delegacia, onde seria ouvida e, então tomadas as medidas cabíveis. Mas ESPANCAR A MOÇA NÃO É PARTE DE SUA FUNÇÃO COMO SEGURANÇA!Um segurança pode, no máximo, conter e imobilizar alguém que ofereça resistência, até que a Polícia chegue. E Polícia também não pode espancar até Delegacia, e na Delegacia também não pode espancar.

E, infelizmente, as tais “medidas cabíveis” nunca seriam as verdadeiramente necessárias dentre as que podemos imaginar para solucionar a situação: ela teve acesso à Escola? Tem emprego? Caso tenha filhos, estes estão minimamente alimentados e em salvaguarda? Caso tenha filhos e seja separada e tenha a guarda destes, o Judiciário garantiu a estes que o pai auxilie esta mãe em seu sustento? Em que situação nasceu, cresceu e vive, atualmente, esta mulher que decide furtar comida? Alguém faria isso por hobby?

Pelo que diz na notícia, pelo menos, ela roubou alimentos. O que me parece é que quem rouba comida é ladrão perante a Lei jurídica. Pela lei natural, ela estava exercendo o direito natural de se alimentar ou buscar alimentos  para os seus. Se, neste caso, o furto é ou não moral, é assunto para uma outra – e bem mais extensa – discussão.

Entretanto no caso em questão, uma coisa posso afirmar: os seguranças do tal estabelecimento comercial atentaram em amplo espectro contra a liberdade pessoal desta mulher, agindo como “justiceiros” dentro do seu torpe conceito de justiça. Lesão corporal é crime; violência contra a mulher é crime; humilhação pública é crime; abuso de imagem também é crime. Então, na “prova dos nove”, ela cometeu um crime; eles cometeram diversos contra ela. E foram muito mais perversos do que ela ao cometer o seu.

Reparem que eles não permitem que ela tape o rosto para se defender dos golpes, batem com sua cabeça na parede e a humilham sem parar. E que triste a atitude da moça, de quem já está tão acostumada a humilhações que procura obedecê-los, e se desculpa, ininterruptamente… Bah, REVOLTANTE DEMAIS!!! Se fosse “bandida” ela teria outra postura: iria gritar, se debater e ameaçá-los.

E antes que algum imbecil venha comentar o usual “Leva pra casa, então!” ressalto: ESPANCAR NÃO É FUNÇÃO DE SEGURANÇA DE ESTABELECIMENTO COMERCIAL NEM DE POLICIAL. Não existe ofício que não o de Lutador – de Boxe, Jiu-Jitsu ou seja lá o que for – que inclua ESPANCAMENTO em suas funções a desempenhar. Ou seja: não se trata de defender a atitude da moça, mas sim de afirmar e defender que um crime não justifica outro. E do ponto de vista humano, espancar alguém é mais grave do que furtar. Para julgar e absolver ou condenar e decidir qual a pena a ser aplicada é que existe o Judiciário. Os seguranças deste local onde a moça foi espancada devem ser identificados, denunciados e responderem processo por lesão corporal, injúria e ela, se assistida por uma/um boa/bom advogada/o, pode, inclusive, pedir retratação moral.

Fiquei mal com o vídeo. =(

 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicado por em 20 de fevereiro de 2017. Arquivoado em Destaque,Notícias. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry

2 Respostas para Seguranças espancam mulher que, supostamente, furtou comida em supermercado no RJ

  1. Asa Heuser

    20 de fevereiro de 2017 at 18:45

    A Lei prevê o que se chama de “furto famélico”, quando a pessoa rouba para se alimentar.

  2. Paula Berlowitz

    21 de fevereiro de 2017 at 11:30

    Pois é, meu namorado me comentou isso, assim que postei. Eu nem sabia. Vou fazer uma nota no post, corrigindo.

    Valeu pelo comment, Åsa! :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *