Socialize

RSS Feed

Secretaria de Políticas para Mulheres do RS ameaçada – Assine a Petição

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...
1.933 acessos
Petição Avaaz: José Ivo Sartori, mantenha a Secretaria de Políticas para Mulheres

ASSINE A PETIÇÃO clicando nesta imagem

As notícias não são lá muito boas… Anunciada pelo Governador eleito no Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori a redução de 20% das Secretarias, é óbvio que a decisão iria respingar na SPM (Secretaria de Políticas para Mulheres): parece haver um disfarce para fugir do desconforto, por parte de Sartori, ao falar em sua extinção, mas tudo leva a crer que, se não desaparecer por completo, pelo menos irá “encolher”.

O que em partes pode ser bom para enxugar cargos e gastos do Estado ou, como justifica Sartori: “para dar mais agilidade nos Programas”, dependendo da Secretaria, de outro ponto de vista pode ser catastrófico: uma Secretaria como a das Políticas para Mulheres, por exemplo, é uma conquista feita após décadas de luta de todas as mulheres, quer feministas declaradas ou não (que pena… 🙁 ), na busca da igualdade de direitos; um importante passo visando a diminuição e erradicação da violência contra mulheres e meninas em geral e o protagonismo social da mulher na sociedade brasileira e mais especificamente, em nosso estado, neste caso (embora isso não esteja acontecendo apenas aqui. Em outros Estados onde existem SPM, elas também estão sendo remanejadas e/ou fundidas com outras secretarias).

Não só isso: a existência da Secretaria de Políticas para Mulheres promove ações que estimulam o empoderamento feminino, através de eventos como o Seminário Internacional Mulheres e a Segurança Pública, que teve sua primeira edição em 2012, e a segunda em 2013, dentre outros nos quais mulheres e homens das mais variadas áreas de atuação se reúnem para debater temas como feminicídio, descriminalização do aborto, violência contra mulheres e meninas, Lei Maria da Penha e a coibição, punição e erradicação da violência doméstica, emancipação da mulher, educação para o combate ao machismo, incentivo a existência de mais mulheres no poder, seja em cargos políticos ou outros cargos de liderança, o Escuta Lilás, o Disque 180, os CRM (Centros de Referência da Mulher), tão importantes para o aconselhamento da mulher em situação de violência bem como proteção dos seus filhos, etc.

E isso me parece ainda apenas o início.

Mas buenas, voltando ao tópico inicial, ao que tudo indica, a Secretaria de Política para Mulheres do Estado do Rio Grande do Sul passará a ter suas atividades concentradas pelo Gabinete da Primeira Dama Maria Helena Sartori. Minha parca esperança reside no fato de a Primeira Dama ser formada em Filosofia e Pós-graduada em História da América Latina, é professora Estadual aposentada, bem como já possui vivência política: é Deputada Estadual (embora eu deva confessar que desconheço qualquer atuação sua em relação às causas femininas/feministas, o que ao meu ver, não é lá um bom sinal).

Ainda assim, o receio iminente de todas as feministas gaúchas neste momento, é de que uma redução vire extinção: não podemos permitir que a Secretaria de Políticas para Mulheres encolha e seja enfiada em uma saleta e tenha seus planos e projetos engavetados e seu orçamento prejudicado.

Se o que se quer é mais efetividade e corte de gastos e enxugamento de cargos desnecessários, ótimo. Mas devemos ficar de olhos ARREGALADOS para termos certeza de que o que vai acontecer com a Secretaria de Políticas para Mulheres não é um apagamento (a mera sugestão de seu confinamento ao gabinete da primeira dama já demonstra que é, mas “oremos”…).

Já somos silenciadas demais a todo momento e isso é o extremo oposto do que precisamos. É de primeira importância que haja, dentro do nosso Governo do Estado, uma Secretaria específica para tratar das nossas urgências que não são poucas, fúteis nem pequenas: são concernentes a sociedade como um todo!

Sendo assim, convido a todas e todos para assinarem esta Petição, para que a mesma seja levada ao novo Governador eleito, e exija deste o comprometimento pela manutenção e plenos funcionamento, bem como ampliação das atividades da Secretaria de Políticas para Mulheres do Rio Grande do Sul:

José Ivo Sartori: Mantenha a Secretaria de Políticas para Mulheres RS

Façam sua parte para que cheguemos às 5000 assinaturas, para que possamos levar a petição a José Ivo Satori e Maria Helena Sartori..



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicado por em 12 de dezembro de 2014. Arquivoado em Destaque,Feminismo,Notícias. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry

2 Respostas para Secretaria de Políticas para Mulheres do RS ameaçada – Assine a Petição

  1. fabiana mara diniz

    13 de dezembro de 2014 at 2:39

    ….

  2. HueyUShumski

    30 de agosto de 2016 at 18:18

    I seriously love your blog.. Pleasant colors & theme. Did you develop this website yourself?
    Please reply back as I’m wanting to create my own site and want
    to learn the place you got this from or just what the
    theme is known as. Cheers!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *