Socialize

RSS Feed

Mulher Objeto de Cama de Heloneida Studart e Mesa em debate no Coletivo de Estudos Feministas da PUCRS

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...
2.864 acessos

debate_heloneida_studart_coletivo_feminista_pucrs

Na próxima quarta-feira, dia 5 de Junho de 2013, às 18h, na sala 501, Prédio 5, na PUCRS, acontecerá um debate sobre texto do livro “Mulher Objeto de Cama e Mesa”, da escritora Feminista Heloneida Studart, por iniciativa do Coletivo de Estudos Feministas PUCRS.

Grupo formado no final de Março deste ano, o Coletivo de Estudos Feministas da PUCRS tem se reunido, quinzenalmente, para debater obras feministas, questões  pertinentes às relações de gênero, sexualidade e feminismo.

O Coletivo de Estudos Feministas da PUCRS também tem um grupo no Facebook, onde compartilham informações, marcam suas reuniões, debatem algum tópico e afins.

A agenda de temas e obras para debate nas reuniões é decidida por todos os membros, em conjunto.

O Coletivo de Estudos Feministas da PUCRS é um grupo aberto à participação de qualquer pessoa interessada no tema, e não apenas para alunos da Universidade.

Nos encontros, senta-se em círculo e debate-se os pontos mais marcantes das obras. Sugestões de material extra para debate, tais como pesquisas, informações, biografias, obras e artigos, também são bem vindas, desde que pertinentes ao tema “Feminismo” e suas vertentes.

O grande objetivo do grupo é estudar o Feminismo.

Mestres, mestrandos, graduados e graduandos, todos interessados em conhecer mais o feminismo, fazem parte do Coletivo de Estudos Feministas da PUCRS. A diversidade de áreas de estudo dos participantes é o que torna o grupo mais completo para guiar as leituras e debates. Participam do grupo pessoas dos Cursos de História, Letras, Filosofia, Psicologia, Sociologia, dentre outros.

Eu fiquei, particularmente, interessada em participar desta reunião, em especial, do Coletivo, pois o livro “Mulher Objeto de Cama e Mesa”, da Heloneida Studart, foi o 1° livro Feminista que li na vida. Ele me foi dado de presente, pela minha mãe, quando eu tinha 9 anos, e ela percebeu, por queixas que eu vinha fazendo, desde que entrara na Escola, que eu estava sendo vítima de sexismo, vindo das outras crianças. Criada por mãe e pai que educaram a mim e meu irmão mais velho sem grandes diferenciações de gênero, foi no Colégio que descobri que “meninas não brincavam de carrinho nem jogavam futebol”, coisas que em nossa casa eram absolutamente normais, assim como menino ajudar nas tarefas domésticas e brincar de casinha.

A Escola me apresentou o Machismo. Minha mãe me apresentou o Feminismo.

Estendo, portanto, o convite do Coletivo de Estudos Feministas da PUCRS às minhas querida leitoras (e queridos leitores, também, é claro!).

Aquelas que desejem participar, podem solicitar o texto enviando email para generopucrs@gmail.com.

Quem puder, compareça!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicado por em 3 de junho de 2013. Arquivoado em Destaque,Feminismo,Iniciativas Femininas,Notícias. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *