Socialize

RSS Feed

Piadinha profana no site Tecla Sap: estamos melhorando!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...
2.279 acessos

Estava eu espiando o site Tecla Sap – Sua lingua falando Inglês, que é uma ótima fonte para aprender expressões idiomáticas, palavrões e outras particularidades da Lingua Inglesa que, normalmente, não se aprende na sala-de-aula (normalmente, porque em minhas aulas eu não me atenho só ao lado “Norma Culta da Lingua” como a maioria das profes fazem), quando me deparei com uma piadinha que me deixou bem divertida: bem humoradamente, a piada explora o posicionamento capitalista dos representantes religiosos, demonstrando que o povo, por aqui (Brasil) tem bem se posicionado quanto ao laicismo de nosso país (O Brasil é, ou pelo menos diz-se que é, um Estado Laico, ou seja, onde não há a imposição de um dogma religioso sobre seu povo. “Laico”, pela enciclopedia livre Wikipedia, é ” um adjetivo que significa uma atitude crítica e separadora da interferência da religião organizada na vida pública das sociedades contemporâneas”. ou seja, uma tendência do DESENVOLVIMENTO humano, em minhas palavras!).

A tal piada pode ser vista, em Inglês, clicando AQUI! (só não entendi o que faz a foto do Peter Tägtgren, vocalista da banda Hypocrisy, ao lado do post da piada, mas tudo bem…).

Pra quem ainda não tomou vergonha na cara de aprender Inglês, faço, abaixo, uma breve tradução livre da tal piada:

“A caixinha da Caridade”

“Certo dia, um homem foi à Igreja e, na sequência, parou para apertar a mão do Padre. Ele disse: “Padre, tenho de te dizer que foi um puta sermão! Bom pra cacete!

O padre disse: Obrigado, senhor. Mas eu preferiria que o senhor não usasse profanações!

O homem disse: Eu fiquei tão impressionado pra cacete que coloquei US$5,000.00 na caixinha da caridade!

Ao que o padre responde: Caralho!”

Ou seja, na Igreja, quando o assunto é o dinheiro, PRO INFERNO com a santidade!

Creio que a assimilação deste tipo de humor, muito ao contrário de desrespeito, como muitos poderiam julgar, é uma maneira de desmistificar o eterno “respeito” devido aos cultos religiosos, imposto por pessoas que vêem na ordenação ou lideração religiosa uma maneira de enriquecer às custas da ingenuidade alheia! (Por quê ninguém acha desrespeito debochar do Inri Cristo? Ele também tem fé! E o melhor: FÉ EM SI MESMO! huashushuhusuhsa Cada um com a sua loucura!) e permitir à nossa sociedade uma maneira mais livre de se expressar, sem viver medindo palavras e dizendo o que os outros querem ouvir, como foi o caso da nossa “Presidenta”, em épocas pre-eleitorais, no ano passado.

Eu ri!

 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicado por em 16 de junho de 2011. Arquivoado em Lucidez. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *