Socialize

RSS Feed

Pelo fim da perseguição ao Wikileaks e tortura de Bradley Manning: assinem as petições

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...
3.150 acessos

Os textos abaixo foram retirados do site Avaaz, que consiste em um disseminador de campanhas pró Liberdade de Expressão, pelo fim de preconceitos, injustiças sociais, diversas formas de discriminação, bem como para apoiar ou ir contra decisões políticas em diversos países ao redor do mundo.

Neste momento, peço a vocês, leitoras (e leitores) que assinem as petições pelo fim da tortura de Bradley Manning e fim da perseguição ao Wikileaks, seus membros e seus simpatizantes.



“A campanha de perseguição agressiva contra o WikiLeaks é um perigoso ataque à liberdade de expressão e imprensa. Políticos importantes dos EUA chamaram o WikiLeaks de uma organização terrorista, pedindo para empresas boicotarem o site. Comentaristas chegaram ao extremo de sugerir o assassinato da sua equipe.

Independentemente do que pensamos sobre o WikiLeaks, peritos legais dizem que eles não violaram nenhuma lei. O site trabalha com jornais renomados internacionais (NY Times, Guardian, Spiegel) para cuidadosamente selecionar o que é publicado – até agora menos de 1% dos cabos vazados.

Nós precisamos de um chamado urgente para defender os principios democráticos básicos. Assine a petição contra a intimidação ao WikiLeaks – vamos conseguir 1 milhão de vozes esta semana!”

Assinando a petição pelo fim da perseguição ao Wikileaks, estaremos enviando às autoridades competentes, o seguinte apelo:

Nós pedimos o fim da perseguição ao Wikileaks e seus parceiros imediatamente. Pedimos respeito pelos princípios democráticos e leis de liberdade de expressão e de imprensa. Se o Wikileaks e seus jornalistas parceiros violaram alguma lei eles deverão ser levados à justiça. Eles não devem ser sujeitados a uma campanha de intimidação extra-judicial.”

Para assinar, clique neste link!

No tocante à situação de tortura na qual se encontra Bradley Manning, lê-se o seguinte texto no Avaaz.org:


“Agora mesmo Bradley Manning, o delator do Wikileaks, está sendo torturado em uma prisão militar nos Estados Unidos. O Manning está sendo sujeitado ao isolamento absoluto, tática que pode enlouquecer a pessoa, com curtos períodos por dia onde ele é totalmente despido e abusado verbalmente pelos outros presos.

O Manning está aguardando julgamento por liberar documentos militares secretos ao Wikileaks, incluindo o vídeo dos soldados americanos massacrando civis iraquianos. Este tratamento brutal parece ser parte de uma campanha de intimidação para silenciar qualquer delator e derrubar o Wikileaks. O governo dos EUA está dividido sobre este assunto com diplomatas criticando publicamente o exército pelo tratamento do Manning, mas com o Presidente Obama ainda alheio ao caso.

O Obama se preocupa com a reputação global dos EUA — nós precisamos mostrar para ele o que está em jogo. Vamos gerar um chamado global massivo ao governo dos EUA pedindo o fim da tortura de Manning e observação da lei. Assine a petição — a nossa mensagem será entregue através de anúncios ousados e atos públicos em Washington DC assim que conseguirmos 250.000 assinaturas.”

Assinando esta petição, estaremos enviando a seguinte mensagem ao Presidente Barack Obama, Secretária do Estado Hillary Clinton e Secretário de Defesa Robert Gates:

“Parem imediatamente a tortura, isolamento e humilhação pública do Bradley Manning. Este tratamento é uma violação dos seus direitos humanos garantidos pela Constituição e um aviso frio a outros possíveis delatores comprometidos com a integridade pública.”

Para assinar, clique neste link!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicado por em 17 de abril de 2011. Arquivoado em Mundo,Notícias. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *